Informações e Contatos

Av. Indianópolis, 1287 - Planalto Paulista
CEP 04063-002 - São Paulo - SP

A Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL-CCF) participou do fórum de ensino na especialidade de Alergia e Imunologia que aconteceu , nesse mês, na Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), em São Paulo. 

O encontro entre médicos propôs um estudo sobre os avanços no conhecimento e tratamento de doenças alérgicas e imunológicas, além da intersecção e sinergia entre a área de Alergia e Imunologia com outras especialidades médicas.

De acordo com o atual cenário das competências para esta área, o objetivo é debater as competências definidas para formação, promover intercâmbios e ampliar o acesso aos profissionais interessados na especialidade.

Isso garante que médicos otorrinolaringologistas, com título de especialista pela ABORL-CCF ou do MEC, possam candidatar-se e prestar prova de residência de Alergia e Imunologia. Segundo Dr. Bruno Rossini, a residência tem duração de dois anos e, após esse tempo, o médico otorrinolaringologista pode prestar a prova para obter título de especialista em Alergia.

Antes disso, o primeiro requisito para prestar essa residência é possuir a residência em clínica médica. Uma vez que a proposta acima seja aceita, a ideia é que outras especialidades, como Dermatologia, Medicina da Família e Comunidade, Pediatria, entre outras sociedades parceiras, possam servir, também, como pré-requisito.

“Nós consideramos esse passo um grande benefício para os associados e otorrinolaringologistas, pois amplia a área de atuação e possibilita um aprofundamento no estudo da área, podendo conquistar mais um título em sua carreira e formação”, comenta Dr. Bruno.

O próximo passo será a apreciação do pedido junto à Comissão Nacional de Residência Médica.

 

COMPARTILHAR:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Congresso Brasileiro de Otorrinolaringologia termina com Tarde Esportiva