Informações e Contatos

Av. Indianópolis, 1287 - Planalto Paulista
CEP 04063-002 - São Paulo - SP

Por Priscila Silva, VOX Otorrino

A realização de projetos sociais será um dos principais focos da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL-CCF) para 2022. Segundo o presidente e médico otorrinolaringologista, Renato Roithmann, “a associação vive da relação entre as pessoas e é incrível como a ABORL-CCF segue firme e forte depois de um período tão difícil mundialmente.”

“É uma honra representar esta entidade da qual faço parte há mais de 30 anos. Nesta gestão, queremos ampliar o espaço para projetos sociais que promovam educação, informação e qualidade de vida para a comunidade”, afirma Roithmann. 

Recentemente, a Diretoria Executiva esteve na sede da United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization Brazil (Unesco Brazil), com o objetivo de trocar conhecimentos e fomentar possíveis parcerias que possam promover a prevenção da saúde para as crianças.

 “Tivemos a felicidade de confirmar uma parceria para atendimento a crianças com dificuldades de dormir, ouvir e respirar. Esses problemas podem afetar o desenvolvimento infantil e nosso objetivo é contribuir, por meio do nosso trabalho, para que as crianças tenham mais qualidade de vida”, comenta o presidente.

Mais de 200 crianças do Instituto Proeza serão atendidas por médicos otorrinolaringologistas de diversas regiões do Brasil. Em breve, a data dos atendimentos será divulgada para que todos possam acompanhar.

Outra ação que já está em andamento é uma série de palestras para professores do ensino primário. O objetivo é alertar os docentes em relação aos problemas de aprendizagem que podem ser causados por questões auditivas, respiratórias e distúrbios do sono. “É preciso que pais, responsáveis e professores estejam atentos a possíveis sinais, pois nem sempre a criança fala sobre determinada dificuldade.”

Atividades científicas

O tão aguardado 52º Congresso de Otorrinolaringologia será realizado em Porto Alegre – para a alegria do presidente e tantos médicos associados. “Esperamos mais de 3.000 participantes com uma grade científica preparada com muita dedicação”, comenta Roithmann.

A prova de título de especialista – um dos momentos mais aguardados do ano e que reúne 350 inscritos, o Exame de Suficiência para obtenção do título de especialista em Otorrinolaringologia será elaborado e aplicado através do Comitê de Título de Especialistas da ABORL-CCF, com a aprovação da Associação Médica Brasileira (AMB). O projeto Residente em Foco vai disponibilizar 12 aulas com abertura para discussão dos casos apresentados. 

Outras atividades já estão programadas para o decorrer do ano. Acompanhe as atualizações no portal VOX Otorrino.

 

COMPARTILHAR:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Projeto “Vamos Ouvir?” defende a importância da Otorrinolaringologia no estado do Rio Grande do Sul