Informações e Contatos

Av. Indianópolis, 1287 - Planalto Paulista
CEP 04063-002 - São Paulo - SP

Ainda como parte da programação do segundo dia do 51º Congresso Brasileiro de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, aconteceu, nessa tarde, a apresentação da nova diretoria da Sociedade Brasileira de Otologia (SBO), presidida atualmente pelo Dr. Edson Ibrahim Mitre.

O novo diretor que assumirá o cargo a partir do próximo ano será o Dr. Arthur Castilho, médico otorrinolaringologista e membro do Conselho Administrativo da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). “É uma honra assumir a diretoria e dar continuidade ao excelente trabalho realizado pelo Dr. Mitre”, afirma Dr. Arthur Castilho.

A SBO foi fundada em 29 de outubro de 1969 por um grupo de jovens otorrinolaringologistas, integrado, entre outros, por Rudolf Lang, de Porto Alegre (RS) – seu primeiro presidente, já falecido. 

Durante a assembleia realizada hoje, Dr. Mitre, presidente da SBO, realizou uma homenagem aos professores Ricardo Ferreira Bento, Paulo Roberto Lazarini, José Ricardo Gurgel Testa, Sady Selaimen da Costa, Rubens Vuono de Brito Neto, além de mencionar doutores que não puderam estar presentes, mas que igualmente receberam o Prêmio Rudolf Lang – que homenageia o primeiro presidente da Sociedade.

“É uma honra contribuir com a minha gestão em prol dos brasileiros e da saúde auditiva e compartilhar planos e metas com o novo presidente da associação e amigo, Dr. Arthur Castilho”, comenta Dr. Mitre.

Outras assembleias estão sendo realizadas na tarde de hoje. Acompanhem os destaques também nas redes sociais da ABORL-CCF.

 

COMPARTILHAR:

Uma resposta para “Sociedade Brasileira de Otologia (SBO) apresenta nova diretoria”

  1. Sou a Solange De Oliveira, gostei muito do seu artigo tem
    muito conteúdo de valor, parabéns nota 10.

    Visite meu site lá tem muito conteúdo, que vai lhe ajudar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Projeto Meu Otorrino é 10 atendeu mais de 300 pessoas em Brasília